quarta-feira, julho 27, 2005

Tu, vós

Não percebo esta necessidade que tenho de ti. Preciso de estar perto, sentir-te o cheiro, ouvir-te. Tu, um ser indefinido dividido pelos rostos e corpos varias pessoas. Preciso de ti, ou de mim quando estou com vocês. Com vocês sou eu. O que conta mais, fé ou actos?? O que eu sou ou o que eu faço? O que eu sou vocês conhecem e o que faço vocês percebem.
Porque não sou assim sempre?