quinta-feira, setembro 16, 2004

és a minha puta

in Diverse Publications Ltd/

Divirto-me imenso, mas há sempre aquele vazio… não é sempre, antes é só excitação, mas depois falta alguma coisa…

Lu… tu és uma puta, mas quero que tu sejas a minha puta. E tu podes estar a engatar um gajo ou uma gaja à minha frente que eu vou-me estar a rir porque sei que te estas a divertir.

…e esta é só com a presença do marido. Ela está comigo, ele está com outra. Mas a meio, ela olha para ele de um jeito… está-se apenas a divertir, mas está com ele. É assim que queria que fosses para mim.

Sinto-me tão viva, tão livre contigo. Disseste o que eu queria ouvir, mas como poderias saber o que eu queria ouvir? Ainda não posso dizer que te amo, mas estou completamente apaixonada por ti. Tu estás aqui comigo...