sábado, fevereiro 07, 2004

Cor de laranja





Pois bem…
Já dizia a nossa querida tia (que por acaso também é mãe!) no livrinho laranja choque dos ditos "sei lás" (que por acaso até nem o eram) que: “escrever é spé complicado…A vó Vitó, que era extremamente culta dizia, com montes de razão, n’é? Que quem escreve não tem tempo para viver, e quem vive não tem tempo pa’ escrever…Ora rico com é que queria qu’ eu escrevesse algo mais intelectualmente estimulante que POP STAR? N’é? Com saps, festas e botox, não há mais tempo pa’ nada.”
(Estas linhas devem ser lidas com sotaque nasalado, se não o fez, retroceda, por favor, e repita a operação a fim de obter mais veracidade no monólogo).
Isto tudo para dizer: “Estou OCUPADISSIMA, não há tempo para escrever nem umas míseras linhas “a despachar” para este espaço