sexta-feira, novembro 28, 2003

Lu e Bo ao telefone fixo (que falta de chá!)

-Bom tenho uma coisa para te contar…
-Sim…
-Tu não vais gostar muito…
-Oh meu Deus!!
-Espera… O N.L deu-me um anel.
-Hã?! Aquele velhadas pediu-te em casamento?
-Não! Ele já é casado.
-Ah…E isso vale dinheiro? P’lo menos dinheiro que se veja?
-Não sei… Vou hoje ao ourives.
-Oh, espera por mim.
Não vou esperar que venhas de Aspen.
Oh. Eu meto-me num avião, meu. Isto está uma merda. Ontem liguei ao FG e ele estava com alguém. Quer dizer… Disse que estava com o Alberto.
-E o Alberto estava ao pé de mim!
-Pois… E eu em casa, “dass”, no hotel, há espera dele toda nua na cama.
-Isso é tão mau…
-Vou roubar-lhe a carteira.
-E eu vou vender o anel e vamos pa’ algum sítio quente.
-yah! Vamos p’o Tibete!
-yah! Vamos conhecer o Buda!