segunda-feira, setembro 29, 2003

In the office

Entro no escritório e fecho-nos à chave. Deixas-te estar sentado. Vou até atrás da tua enorme mesa de trabalho e beijo-te.
Levantaste e começas a despir-me, mas não me deixas despir-te. Tiras a gravata e agarras-me de uma forma firme. Fazes-me sentar. Prendes-me à cadeira com a gravata e vendas-me os olhos.
Fico à espera, por momentos nada acontece. Depois sento-te a acariciares-me com algo suave, provavelmente a pena de escrever. Percorres-me os seios, a barriga, as coxas, o pescoço num toque subtil e insuportável...
Paras.
Estou excitada e ofegante. Deixas-me em expectativa durante momentos.
Começo a sentir um cheiro a rosas. Sinto o toque aveludado de uma nos meus lábios, pelo meu pescoço e seios. Ao mesmo tempo que me tocas com a rosa, começas a beijar-me os seios e depois a lamber-me o umbigo.
Estou extasiada. Desejo-te…
Batem à porta. Tiras-me a venda e desamarras-me.
- Veste-te. Rápido!